27.10.04

Bom senso e bom gosto

«Se Maomé não vai à montanha é porque não come gelado» - Será sensato fazer humor à custa do fundador do islamismo, sobretudo nas circunstâncias presentes, em que as sensibilidades estão mais despertas?

Será, aliás, que a graça tem alguma graça a não ser precisamente troçar de uma minoria religiosa?

Será que essa minoria religiosa, que aliás come gelados, vai rir?

Não me parece. Meus caros amigos: lamento dizê-lo, mas fizeram mal.

Quem foi que disse: «Advertising has a responsibility to behave»?

1 comentário:

Solteirão disse...

Permita-me discordar da sua opinião.

No anúncio em causa, não se ridicularizada nem o profeta nem a religião em causa, aqui brinca-se com a expressão "Se Maomé não vai (...)" jogando com o facto da Olá estar a oferecer viagens à montanha aqueles que consumirem os seus gelados.

Sinceramente acho que o copy está muito bem conseguido e não vejo em que aspecto é que este possa ser, de alguma forma, ofensivo para quem quer que seja.

Acho que as Louras, os Judeus, os "Pretos" e os Alentejanos, esses sim, podem queixar-se de algumas das piadas que por aí andam.

Eu não sou religioso, se calhar não percebo que isto possa ser tremendamente ofensivo, da mesma forma que não compreendo as inúmeras guerras, quase todas de justificações religiosas, que sempre existiram na história da humanidade.

Não queira ser mais fundamentalista que os fundamentalistas.