7.5.09

Gestão de marca

Extractos da entrevista de hoje do DN a Marta Filipe, gestora da marca Maizena, a pretexto das declarações recentes do Ministro da Economia Manuel Pinho:

Já comeu papa Maizena?
Nunca comi, mas sempre tive Maizena em casa e conheço pessoas que comeram. Aliás, só conheço a receita da papa desde que trabalho a marca.

Acredita que a notoriedade da marca vai aumentar depois deste comentário?
Acho que não, pois toda a gente já conhece a farinha. Quanto [sic] muito vai aumentar, vai aumentar o awareness. As pessoas já conhecem, quanto [resic] muito vão lembrar-se mais da marca.

Isto é, a gestora da Maizena nunca provou Maizena e desconhece o significado da expressão "notoriedade". Lindo.

5 comentários:

Anónimo disse...

AHAHAHAHAHAHAH
Tristemente lindo!!
Assim se vai neste país de amigalhaços, tachos e incompetentes, que julgam encobrir a sua ignorância com palavras em estrangeiro...

clubefashion disse...

maravilhoso!

Miguel M. disse...

será que ela já comeu amido de milho? ;)

esquizoide disse...

notoriedade
(notório + -edade)
s. f.
1. Qualidade do que é notório.
2. Publicidade.
3. Fama, renome.

(não confundir com o "notorious" dos anglófonos, q esse sim expressa efeito deletério dessa mesma fama)

mas de facto o não conhecer o próprio produto q comercializa é grave...

Anónimo disse...

E é com isto que temos de lidar todos os dias neste micro-politico-mundo da comunicação em PT. E é no que dá a rotatividade da unilever!