17.9.07

Amadores, uma ova

Já repararam como a mensagem transmitida pelos media a propósito da selecção nacional de râguebi é uniforme e consistente?

É possível que eles sejam amadores no râguebi, mas são certamente profissionais em Relações Públicas.

Apreciei, particularmente, o modo como o seleccionador Tomaz Morais conseguiu gerir as expectativas do público, de modo que nem mesmo cabazadas iglantónicas conseguiram abalar o orgulho do país na "sua selecção".

E, depois, houve aquela sábia utilização do hino como testemunho indubitável do espírito lutador e patriótico desta equipa por contraposição aos mercenários que povoam a selecção nacional de futebol. Um achado!

6 comentários:

Tiago Rodrigues disse...

E qual é o problema ?

É melhor que as pessoas admirem este grupo de pessoas que além das suas profissões do dia-a-dia conseguiram levar em frente aquilo que se calhar começou como um hobby ou que as pessoas admirem um grupo de gajos que quase nem falar sabem e ganham milhoes para passarem metade de um jogo no chão a queixarem-se que sofreram uma falta ?

João Pinto e Castro disse...

A questão não é essa. Há que reconhecer que, enquanto jogadores de râguebi, estão abaixo de qualquer descrição.

Anónimo disse...

Não percebo, deve haver mesmo um trabalho muito bem feito. Alguém conseguiu incutir em toda a população que aqueles tipos, que só fazem perder, são uns heróis porque estão a fazer sacrifícios em nome da pátria.

Deve funcionar como catarse... é a única explicação que encontro. O mesmo público que não aceita fazer sacrifícios em prol da economia do país festeja a abnegação de outrem.

É o "nacional-porreirismo" no seu melhor.

Que bom que os portugueses estão unidos em alguma coisa, dá gosto ver.

É mais ou menos como a recepção à Selecção após a Copa 2006. Dá a impressão que, um valor maior do que a vitória, é fazer boa figura. Isso me lembra a insistência do Governo em assinar o acordo Europeu durante a Presidência Portuguesa.

Somos assim... não é uma crítica, apenas uma constatação.

A pergunta é se sendo assim, chegaremos a qualquer lugar. Cheira a Salazarismo essa insistência pela boa figura e o contentar-se com pouco.


Edie Falco

sof disse...

Não sei porque criticam tanto!!

Como vocês bem disseram são amadores e estão no CAMPEONATO DO MUNDO. Desde ja é de aplaudir!

Eu tenho acompanhado o campionato em França e digo que a selcção portuguesa conquistou o coração dos media (que normalmente detestam Portugal). Eles acham incrivel ( e eu também o vejo) o profissionalismo com que eles jogam. Não ha mais nenhuma equipa a jogar com tanto gozo e garra.

No ultimo jogo a discussão era se iam perder por mais ou menos de 100 pontos. Estas diferenças são normais no ruby quando ha uma grande diferença entre as equipas. A Nova Zelandia é mesmo das mais fortes. Olhem para os resultados das outras equipas. Deixo o link http://www.rugbyrama.fr/rugby/coupe-du-monde/2007/result.shtml

O ruby é um desporto quase desconhecido em Portugal. Deviam de se orgulhar!

Anónimo disse...

Exmo (a) Sof.,

Quero lá saber se são amadores ou não... entraram no campeonato do Mundo, pois não?

É curioso, não vejo esta condescendência toda com o governo. Este só apanha porrada. Nunca acerta uma. Pois, não fosse do PS. No fundo, toda a gente quer ver o PSD no poder... é assim que o país está bem. Outro dia até o Carvalho da Silva dizia que Sócrtaes ganhará de novo, por culpa do PSD. Pq ele não se filia ao PSD para fazer oposição ao governo? Vontade não lhe deve faltar. Já estou farto dessa falsa "esquerda" de PCPs e BEs que tudo o que fazem é trabalhar para a direita e dividir o voto de esquerda. Veja o que se deu agora na Camara de Lx.

Desculpem lá esta divagação sobre o política... mas o assunto era o quê mesmo? Selecção de Rugby? Ok

Edie Falco

sof disse...

Na realidade eu TOU FARTA DESTAS POLITICAS!! e n, n quero ver o psd no poder.
Acho que o pais tem que mudar, mas mudar a serio. E não alternar sempre entre os mesmos.
Pensem nisso: mudar!

Em relação à selecção de rugby...quem da o que tem a mais não é obrigado. Não podemos pedir a um estagiario que tome conta de uma empresa, mas podemos pedir ao partido socialiste que se digne a ser socialista.